ga('send', 'pageview');

Como conquistar a atenção do seu leitor de quadrinhos

Da importância do letreiramento nos quadrinhos (2).
February 26, 2016
Extraindo o máximo da sua história em quadrinhos
March 11, 2016

Como conquistar a atenção do seu leitor de quadrinhos

 

 

 

 

Uma dica que eu sempre gosto de passar adiante é: “Faça as histórias que você gostaria de ver”. Isso se aplica a filmes, livros e histórias em quadrinhos!

Pergunte a si mesmo, então: o que eu gostaria de ver?

Uma história mais engraçada? Mais movimentada? Mais realista? Com diálogos mais inteligentes? Com personagens mais bem trabalhados?

Vejamos o caso de duas mídias diferentes: filmes e livros.

Já disseram que, se um filme não “pega” o expectador nos primeiros dez minutos, dificilmente conseguirá depois disso. A pessoa enjoa e muda de canal. Ou fica incomodada, e só não se levanta da poltrona e vai embora porque, hoje em dia, um ingresso de cinema é caro. Ainda assim, a frustração fará com que a pessoa fale mal do filme para todo mundo.

Com um livro ocorre algo semelhante: ele precisa conquistar o leitor nas primeiras cinco ou dez páginas. Se não conseguir, pior para ele: existem outros livros à disposição.

Já com quadrinhos…

No caso dos quadrinhos, temos algo um pouco mais complicado. Você não tem dez minutos para convencer o leitor em potencial de que seu material vale a pena. Você não está lá do lado dele para dizer: “Oi, fui eu que fiz essa HQ. É bem legal e trata do seguinte…”

Muitas HQs, nacionais e estrangeiras, especialmente as indies, não tomam o devido cuidado com um fator muito importante: a capa. Poucas chamam a atenção ou são convidativas. Parece que foram feitas na pressa e com má-vontade. Pense na quantidade de revistas competindo entre si, numa banca de jornal, numa livraria ou loja especializada. Subestimar a importância da capa pode ser fatal.

 

<img src=”http://www.site.com/imagem.gif” alt=”Criesuashqs” />

Por falar em capas…

Sim, você precisa ter “A” capa na sua história em quadrinhos.

A capa é sua embalagem. É ela quem vai ajudar a vender sua história. Vai mostrar a que veio. Seu quadrinho é cômico? Uma cena engraçada na capa. Uma HQ de ação? Uma cena de perigo. Eu sei que é óbvio, e você também sabe. Só não sei porque tanta gente esquece disso!

Muito além da capa

Vamos admitir que você é um quadrinista caprichoso e fez uma bela capa. De preferência com uma cena importante ou dinâmica da sua história. O leitor potencial se sentiu atraído e decidiu folhear sua história em quadrinhos, para ver se gosta também do conteúdo.

E aí? Lembre-se, você não tem dez minutos!

Uma solução é colocar algo chamativo no começo. Por exemplo, um sujeito saltando de um prédio rumo às hélices de um helicóptero no primeiro quadrinho, ocupando meia página.

Legal!!! Massa!!!! Da hora!!!

Tá. E depois, você sabe como a história continua? Por que seu personagem resolveu fazer essa manobra? Lembre-se do que falamos nesta outra postagem sobre enredo. O que veio antes, o que virá depois. Você precisa saber como é sua história. Por que, como diz Syd Field: “Se você não sabe, quem sabe?”

Capa chamativa, páginas iniciais que despertem a curiosidade e uma história bem contada. Capriche nesses itens e suas chances de êxito aumentarão.

Abraços e até semana que vem!

 

Comprar