7 maneiras de agitar cenas “paradas” das HQs

Como Diagramar Suas HQs – Parte 4
September 6, 2016
Representando a passagem do tempo em quadrinhos
September 23, 2016

7 maneiras de agitar cenas “paradas” das HQs

 

Pode parecer estranho, mas as cenas de ação de HQs são mais fáceis de compor do que as de diálogo. Pense em duas pessoas conversando calmamente numa sala fechada: como tornar interessante uma sequência de diálogo de HQs, que pode se estender por uma ou algumas páginas, sem aborrecer o leitor?

Spirou e os Planos do Robô, de Franquin.

Spirou e os Planos do Robô, de Franquin.

Como impulsionar os diálogos das suas HQs

1) Movimente a câmera

Dê ênfase para um dos personagens; depois para o outro; depois desenhe-os de baixo para cima ou de cima para baixo; coloque um de costas para a câmera e outro de frente; agora faça variações sobre esses enquadramentos, e assim por diante. Você entendeu, né?

Uma “câmera irrequieta” vai deixar o leitor muito mais curioso e atento ao enredo.

Batman - O Messias, de Jim Starlin e Bernie Wrightson. Não, não é disso que estou falando!

Batman – O Messias, de Jim Starlin e Bernie Wrightson. Não, não é disso que estou falando!

 

2) Use a linguagem corporal para mostrar as emoções dos personagens

Asterix e os Louros de César, de René Goscinny e Albert Uderzo. Repare na linguagem corporal dos personagens

Asterix e os Louros de César, de René Goscinny e Albert Uderzo. Repare na linguagem corporal dos personagens

No mundo real, quando duas pessoas conversam por algum tempo, tendem a ficar paradas, se mexendo muito pouco. Podem largar os braços junto ao corpo. Cruzar os braços enquanto escutam. Colocar as mãos na cintura.

Conforme eu disse em outra postagem, nas HQs, se a gente exagerar de leve essas tendências, criamos um efeito plasticamente mais denso. Carregue na expressão facial de acordo com a emoção do personagem. Faça-o “falar com as mãos”, mesmo que ele não tenha sangue italiano. Se escutou uma bobagem, vai levar a mão ao rosto. Se ficou decepcionado, vai curvar o corpo como se a força da gravidade tivesse ganhado intensidade só para ele.

Existe um livro chamado O Corpo Fala, de Pierre Weil e Roland Tompakow. Se puder, compre ou dê uma lidinha. Vai ajudar bastante!

3) Priorize detalhes

Na sua HQ, os personagens que dialogam são do mesmo sexo? Que roupas vestem? Paletó e gravata, uniforme de cirurgião ou enfermeiro, profissional da moda etc.? Há algum detalhe curioso no rosto de algum deles, no corte de cabelo? Tatuagem? Piercings ou brincos sui generis? Veja quanta coisa pode ser usada para chamar a atenção do leitor!

4) Abuse do cenário

Prefiro mostrar a explicar. Dê só uma olhada neste quadrinho e veja quanta coisa está acontecendo.

Superman - LOST, de Geoff Jones, Pascual Ferry e Keith Champagne

Superman – LOST, de Geoff Jones, Pascual Ferry e Keith Champagne

Agora imagine sua dupla de personagens na cadeia. Como é a cela? Tem alguma barata passeando ali? Banco para sentarem? Escritos e desenhos nas paredes? Se você, como eu, só viu uma cela pelo cinema ou pela televisão, busque referências. Em fotos, por favor. Nada de inventar de ir preso!

5) Traga outras coisas para o primeiro plano
Enquanto os personagens dialogam, você pode apresentar algo a mais sobre a conversa por meio de itens no cenário. Caso o assunto seja outra pessoa, mostre que existe um porta-retratos com ela, no primeiro plano, e os personagens ao fundo. Ou um deles está, digamos, tomando um refrigerante, e deixou a lata em cima de uma mesa – e a lata ganha o primeiro plano. Um cinzeiro sujo. Um troféu na estante. Qualquer coisa que transmita informações ao leitor ou, ao menos, diga algo sobre os personagens da sua HQ.

Blacksad, de Juan Diaz Canalle e Juanjo Guarnido

Blacksad, de Juán Díaz Canales e Juanjo Guarnido

6) Mostre onde estão

A fachada de um prédio qualquer. Uma simples porta com letreiro pregado. Uma vitrine de loja. E como fazer para saber que os personagens estão ali? Com os balões saindo desse lugar, ou simplesmente uma legenda com uma frase entre aspas e o nome de um deles sendo mencionado pelo outro.

Corrida Contra a Morte, de Martin Lodjewijk e Eric Heuvel

Corrida Contra a Morte, de Martin Lodewijk e Eric Heuvel

7) Personagem praticando ação

Nada impede duas pessoas almoçando durante um diálogo, ou que uma delas esteja vasculhando papéis em uma gaveta, consultando o relógio, palitando os dentes…

Obelix & Cia, de Goscinny e Uderzo

Obelix & Cia, de Goscinny e Uderzo

Essas são apenas orientações. Pesquise, experimente, descubra. Crie novas soluções além dessas!

Pra finalizar, uma página da minha HQ O Extracurricular Cucaracha (disponível aqui no site pra quem se interessar). Dos sete itens, quantos você consegue identificar?

O Extracurricular Cucaracha, de Giorgio Cappelli

O Extracurricular Cucaracha, de Giorgio Cappelli

 

Abraços e até a próxima!

 

Visite também: http://tujaviu.com/

Comprar