Medidas, Ângulos e Quadros ― Aula de geometria? Não, de HQs!

Aprenda a fazer seu roteiro de quadrinhos
November 6, 2015
Quadrinhos em formato de tirinhas – eis uma arte à parte
November 20, 2015

Medidas, Ângulos e Quadros ― Aula de geometria? Não, de HQs!

Se você me acompanhou até agora, sinal de que está gostando. Obrigado!!!

Dicas de diagramação de HQs

Imagino que você saiba que as HQs não são desenhados no tamanho em que são lidos, e sim numa página maior, chamada de original. Existem pelo menos três formatos básicos: o americano, o mangá e o europeu. Fiz algumas pesquisas na internet, e cheguei às seguintes dimensões para cada um deles:

  • Formato americano : 6,75 x 11, 25 polegadas (mais ou menos 17,14 x 28,57 cm)
  • Mangá:  ( 18,2 × 25,7 cm )
  • Europeu: 28,5 x 39 cm ― provavelmente utilizam papel A2, visto que em A3 essas dimensões ficam apertadas. Nem todos os europeus seguem essa linha. Os italianos da Editora Bonelli, por exemplo, preferem o formato americano.

Atenção: são medidas aproximadas! Para mais segurança, consulte um profissional do ramo e pergunte em que dimensões ele trabalha.

Particularmente, uso 27,7 por 37,9 cm com margens de 1 cm à esquerda e à direita e 3 cm e 1,2 cm acima e abaixo, já que trabalho mais o formato europeu. Assim, posso colocar tranquilamente de 8 a 12 quadrinhos na página. Caso você prefira os outros, basta levar as medidas deles a uma folha A3.

Agora vamos à diagramação das páginas…

O americano, em geral, trabalha usando desde splash pages (página única, ou dupla, com apenas uma ilustração) a páginas com até nove quadrinhos. Pessoalmente acho, nesse formato, que seis por página é o ideal. Sete, hmmm, tudo bem… Agora, se passar disso, os quadrinhos começam a ficam espremidos. Os detalhes desaparecem. Ainda mais naquelas revistas antigas, publicadas em formatinho!

Também evito diagramar apenas quatro quadrinhos por página. Tem gente que abusa desse recurso. Eu não gosto: sinto que estou tapeando o leitor, porque parece que a história acaba depressa.

Você pode diagramar suas páginas no esquemão “dois por quatro” (ou “dois por três”), como faz o Mauricio de Sousa, sem problema. A questão é que isso funciona bem pra ele porque, primeiro, a Turma da Mônica está há décadas no mercado; segundo, quem curte esse tipo de gibi quer ler a história pra passar o tempo e pronto. Quem gosta de apreciar o desenho, as angulações, a narrativa, vai atrás de outras HQs… concorda?

Segue uma página minha que foge do “dois por três”.

Mecônio Magnânimo 2

Exemplo de diagramação de quadrinhos simples e funcional

Perceba que há uma variação nos enquadramentos: mostramos o personagem Mecônio de frente para a câmera, apenas seus olhos, ele de corpo inteiro no cenário, ele visto de cima. Gosto de fazer isso, porque pra mim, quadrinho tem mais a ver com cinema, com suas inúmeras angulações e enquadramentos, do que com o teatro, que mostra sempre o mesmo plano.

Por falar em plano, você tem uma grande variedade deles para usar nas suas HQs! Quer ver?

Plano geral

Plano Geral: o que mostra o cenário todo.

 

Plano americano

Plano Americano: mostra apenas os elementos envolvidos na cena. Geralmente corta no joelho do personagem.

 

Plano médio

Plano Médio: Corta na cintura dos personagens.

 

Primeiro plano

Primeiro Plano ou close: Mostra os rostos dos personagens.

 

Plano de detalhe

Primeiríssimo Primeiro Plano ou Plano detalhe: chama a atenção de um elemento da história.

Além dos planos, temos as angulações. Basicamente duas.

 

Câmera alta

Câmera alta ou Ploungeé ― que pega a cena de cima.

.

Câmera baixa

Câmera baixa ou contraploungeé  ― que pega a cena de baixo

 

Uma dica da Marvel: em cada página, sempre coloque pelo menos um quadrinho com plano geral.

Uma dica europeia: não esqueça de trabalhar os cenários; embora não pareça, eles ajudam a contar sua história.

Uma dica minha: procure sempre o ângulo que melhor transmitir a intenção da história. Por exemplo, os closes indicam a emoção do personagem.

Curtiu? Então vá pra sua mesa de trabalho e ponha a mão na massa!

Nos vemos semana que vem!!!

Abraços!

Os quadrinhos coloridos fazem parte da HQ Rastreadores da Taça Perdida – o segredo da Jules Rimet
Saiba mais aqui!

Comprar